Frei Anastácio participa de 5 º Congresso Nacional do PT em Salvador

Congresso do PT em SalvadorA tendência Movimento PT, na Paraíba, está presente no 5º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores que está acontecendo em Salvador/BA, de hoje (11) até sábado (13) A força interna está no evento com dois delegados. Segundo o deputado estadual Frei Anastácio, fundador da tendência na Paraíba, o congresso neste momento de crise pelo qual passado o Brasil é de grande importância.

“Vamos debater questões internas, discutir a política brasileira e a conjuntura mundial. O PT tem que se conectar numa visão de futuro, para que o partido continue crescendo”, disse Frei Anastácio.

De acordo com Frei Anastácio, a legenda tem que “atualizar a visão do mundo e do Brasil, que é base para elaboração do nosso programa. Isso requer a análise crítica da situação mundial e da sociedade brasileira, a perspectiva da formação de um bloco histórico de forças democráticas e populares, e a centralidade da própria construção do PT. Nossa reflexão não se restringe às questões de governo, mas deve alcançar aquelas relativas à economia, sociedade, política e cultura do Brasil, no sentido de construir uma ação ainda mais transformadora”, afirmou o deputado.

Frei Anastácio disse ainda que a própria organização partidária, excessivamente adaptada a disputar eleições, deve ser alvo de crítica e superação de limites. De acordo com ele, o debate na base do partido e o pluralismo da manifestação das diversas correntes internas, incluído o direito de filiados e filiadas não organizados nas correntes atuais se agruparem para defender opiniões, transformam nosso 5º Congresso em momento de máxima democracia partidária.

O parlamentar ressalta ainda que “somos um partido que se orgulha da sua militância e de ter no seu Estatuto o direito de tendência, a paridade entre mulheres e homens, as cotas de juventude e de diversidade étnica nas suas instâncias de direção. É hora, portanto, dessa convocação militante mais decisiva, aquela que se volta à nossa própria construção como partido socialista e democrático. O Congresso é momento de criatividade e renovação militante”, disse o deputado.

Leia também