Frei Anastácio participa de comemoração dos 50 anos da resistência

O deputado estadual Frei Anastácio (PT) irá participar das atividades que serão realizadas, nesta quarta-feira (15), pela passagem dos 50 anos da “Resistência” em Mari, quando camponeses que estavam trabalhando na terra, resistiram a um ataque das forças polícias que agiram atendendo os interesses dos latifundiários da região.

Na ocasião morreram o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Antônio Galdino da Silva e os camponeses Jose Barbosa do Nascimento, Pedro Cardoso do Nascimento e Genival Fortunato Félix além de sete polícias.

Programação

Nesta quarta-feira (15), haverá missa celebrada pelo Bispo de Guarabira, Dom Lucena, no lugar do conflito e outros padres. Abertura do Ginásio O Marcão, às margens da BR-073- Km 21, local da tragédia; palestra sobre as Ligas Camponesas; homenagem às famílias dos Mortos; lançamento do Cordel à Resistência Camponesa de Mari.  Haverá ainda a realização de atividades culturais com cantadores emboladores e capoeira. À tarde, será realizado um ato público com  participação de lideranças sociais, locais e nacionais, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

“Os livros de Francisco de Assis Lemos, ainda nos visitando quase todos os dias na Assembleia Legislativa da Paraíba, retratam esses acontecimentos com muita propriedade. Ele é Advogado, e ex-deputado Estadual cassado em 1964. Além de escritor, Assis Lemos é militante na defesa dos trabalhadores rurais. Os livros que retratam essa realidade são “O Nordeste” O Vietnã que não houve, Ligas Camponesas e o Golpe de 64. Companheiros (as) vamos lá, a luta continua”, disse o deputado.

Leia também