WhatsApp Image 2019-08-23 at 12.50.19

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) disse, hoje (03), no plenário da Câmara Federal, que as populações de Campina Grande e de outras cidades paraibanas estão na iminência de ficarem sem água potável nos próximos meses, em consequência da falta de água no canal da transposição.

O parlamentar disse que de acordo com o relatório da Aesa (Agência Executiva de Gestão das águas) atualizado nesta terça-feira (3), o açude de Boqueirão, que abastece Campina Grande, está apenas com 15,77% de sua capacidade de armazenamento. “Sem, chuva e sem as águas do canal da transposição, em breve, o povo vai ficar sem abastecimento na segunda maior cidade da Paraíba, que tem mais de 400 mil habitantes”, disse o deputado.

IMG-20190901-WA0004

O parlamentar afirmou que o ato SOS Transposição realizado domingo, em Monteiro, com milhares de pessoas foi justamente para denunciar essa situação de Campina e de outras 36 cidades paraibanas que já estão sofrendo com o corte da água do canal que chega até Monteiro, que faz parte do Eixo Leste da transposição.

Barragens quase secas

FB_IMG_1566043918043

Frei Anastácio informou que percorreu todo trecho entre o açude Porções, em Monteiro, até a barragem de Camalaú. “A situação da barragem de Camalaú que recebe água de Monteiro é triste. O reservatório está apenas com 5,95% de sua capacidade e Porções está pior ainda, tem apenas 4,71% de sua capacidade total. É dessas duas barragens que Boqueirão recebe a água do São Francisco. Com o corte no bombeamento, desde o mês de fevereiro, a situação só piora a cada dia”, lamentou o deputado.

Bancada tem que agir

O petista convocou a bancada federal paraibana para agir em defesa da transposição e do povo. “A nossa bancada federal tem que se levantar e exigir do Governo Federal providências urgentes. O governo desligou o bombeamento de água desde fevereiro, alegando problemas na barragem de Cacimba Nova, em Pernambuco. Nós já estamos no mês de setembro e nenhuma solução foi dada. Temos que entender que essa luta não tem cor partidária. O interesse é do povo que já está sofrendo”, afirmou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!