Frei Anastácio pede que Assembleia Legislativa se posicione contra privatizações

O deputado estadual Frei Anastácio apresentou requerimento, na Assembleia Legislativa, solicitando que o Poder Legislativo se integre à agenda da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, com lançamento das atividades aqui na Paraíba. “Essa frente tem um papel muito importante contra as privatizações que o governo golpista quer fazer nas centrais elétricas e até na Casa da Moeda”, disse o deputado.

Frei Anastácio disse que fez o requerimento na Assembleia, como forma de despertar o povo paraibano em relação ao assunto. “Depois de ser lançada em várias capitais, a comissão chegou ontem, ao Rio de Janeiro, com a presença de muitos políticos senadores, a exemplo de Lindberg Farias e Gleisi Roffmann e, nesta terça, tem ato público na cidade”, disse.

O parlamentar explicou que a ideia da frente é apresentar a proposta do grupo, formado por políticos de diferentes partidos e integrantes da sociedade civil, para que a população também se posicione. “Nesta terça-feira (03), as manifestações acontecem em várias capitais, com destaque para o centro do Rio de Janeiro. Serão realizadas manifestação com deslocamentos pela sede da Eletrobrás,  BNDES e  até a Petrobras”, informou o deputado.

O deputado lembrou que justamente hoje, a Petrobrás está completando 64 anos de criação pelo governo de Getúlio Vargas. “É importante destacar, que a sociedade brasileira deve assumir também essa luta em defesa da soberania nacional. Uma luta que não é partidária, mas sim uma luta de todos os brasileiros”, destacou.

O evento desta terça-feira (03), tem presença confirmada dos parlamentares: Jandira Feghali (PCdoB), Lindberg Farias, Patrus Ananias e Wadih Damous do PT; Roberto Requião (PMDB), Celso Pansera (PMDB) e Glauber Braga (Psol).

“Em relação a essas privatizações, imaginem sem a Petrobras e a Eletrobrás, como ficarão os brasileiros? Se já estamos sofrendo com essas duas empresas sendo estatais, imaginem como será se elas forem privatizadas. “Vamos mobilizar a população paraibana em torno do assunto. A proposta do senador Roberto Requião, já aprovada pelo Senado, é colher um milhão de assinaturas para um projeto de iniciativa popular. Esse Projeto de Decreto Legislativo é base do abaixo-assinado, e foi firmado por 36 senadores. Temos que nos incorporar a essa luta para barrar essa entrega do patrimônio público ao capital privado”, afirmou o deputado.

Leia também