O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) reafirmou que está pronto para lutar contra mais um golpe de Bolsonaro contra a educação, direcionado aos professores e professoras. “Além de atacar a educação com redução de recursos, Bolsonaro, agora, quer achatar ainda mais os salários dos professores”, lamentou.

Frei Anastácio destacou que Bolsonaro quer atingir os educadores e educadoras com a vinculação do piso nacional dos professores à inflação. “Isso deixa os professores sem nenhum ganho real nos salários e recebendo cada vez menos. Essa é uma forma que esse governo usa para precarizar ainda mais a educação no país”, acusou.

O deputado explicou que o último reajuste dos professores do ensino básico foi de 12,84. “Se a norma de Bolsonaro já estivesse em vigor, o reajuste teria sido de apenas 4,6 por cento, um percentual mais de três vezes menor”, ressaltou.

O congressista afirmou que “não aceitamos esse ataque e vamos lutar para proteger os professores. Já não basta o corte de R$ 1,4 bilhão no orçamento da educação para o próximo ano, mais o cancelamento de R$ 1,2 bilhão para este ano. Temos um governo que retira recursos da educação, mas reforça o orçamento das forças armadas e facilita a compra de armas e munição para o povo. Ou seja, Bolsonaro prefere incentivar a ignorância e a violência”, afirmou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here