Frei Anastácio registra, na Assembleia, sucesso de encontro estadual com apoiadores

IMG-20180303-WA0039

O deputado estadual Frei Anastácio registrou, hoje (06), na Assembleia Legislativa, a realização de um encontro estadual que o mandato dele realizou no final de semana, com participação de 200 representantes de 80 municípios de todas as regiões do estado, no hotel Caiçara, em João Pessoa.

O encontro serviu para avaliar a atuação do parlamentar, a conjuntura estadual e nacional. “Foi um encontro de avaliação que serviu também para  refletir sobre os cenários políticos da Paraíba e do Brasil. Os militantes e apoiadores do nosso mandato manifestaram o desejo da manutenção da bancada do PT na Assembleia e na Câmara Federal. Saí do encontro muito otimista com a presença dos nossos apoiadores e a disposição deles em lutar pelo nosso mandato, por uma Paraíba melhor e por um Brasil de volta para o povo”,disse.

28379372_1662878890466756_3922585239871702609_n

O encontro teve participação do pré-candidato a governador do estado, João Azevedo, que proferiu palestra sobre a situação do estado e o que precisa ser feito para a Paraíba melhorar. “Em resumo, ele disse que o Estado está bem melhor do que há sete anos, em todas as áreas, sobretudo, em estradas e recursos hídricos”, disse Frei Anastácio.

Vereadores, vice-prefeitos, lideranças do PT, trabalhadores rurais, representantes de associações, sindicatos, ONGs, militantes, eleitores, simpatizantes e movimentos sociais, a exemplo da Comissão Pastoral da Terra (CPT) participaram do encontro. “Todos esses participantes tiveram voz ativa para avaliar e sugerir ações para melhorar as atividades do nosso mandato”, disse o deputado.

 Frei Anastácio destacou que o encontro mostrou que o Brasil necessita da organização da classe trabalhadora e de seus líderes para mudar a trajetória dessa política nacional, que tem a direita conservadora retirando direitos do povo e dos trabalhadores.

“Lula hoje é o candidato mais bem colocado em todas as pesquisas de opinião. Ao contrário do que pensam alguns teóricos da direita, a sua candidatura não é a sobrevida da esquerda. É uma candidatura que para o povo se mostra como a saída para levar o Brasil de volta aos trilhos do desenvolvimento e para a democracia do povo para p povo. Em síntese, com Lula ou sem Lula, a representação política-eleitoral da esquerda será forte o suficiente para disputar a eleição presidencial e ganhar”, disse.

 

Leia também