IMG-20190925-WA0008

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) registrou, na tribuna da Câmara, a preocupação dos políticos e da população dos 68 municípios paraibanos, com menos de 5 mil habitantes, que podem deixar de existir com a proposta apresentada pelo Governo Bolsonaro na PEC do Pacto Federativo, apresentada ao Senado.

“A Federação Paraibana dos Municípios já se manifestou contra, e eu apoio a posição da entidade. Extinguir municípios é acabar com a história de um povo que mora nessas cidades há dezenas, e às vezes há centenas de anos”, comentou Frei Anastácio.

De acordo com o parlamentar, mesmo quando o município não cresce, ele mantém sua história, seu povo e seu nome. O parlamentar criticou que transferir esses municípios para cidades maiores administrarem é levá-los ao atraso.

Mais empobrecimento do povo

“Essas cidades se tornarão apenas um bairro das cidades maiores, que ficarão com os recursos e não darão a atenção devida. Nós temos exemplos na Paraíba de distritos que foram emancipados, e passaram por grandes avanços”, comentou Frei Anastácio.

De acordo com o parlamentar, a Famup, na Paraíba, já está planejando mobilizações contra essa medida. Segundo Frei Anastácio em todo o Brasil, 1.254 municípios serão atingidos pela medida de Bolsonaro.

“Imaginem a população e representantes dessas cidades fazendo protesto aqui em Brasília. Tenho certeza que o povo virá, podem esperar.Essa possibilidade de extinção atingirá um percentual de municípios expressivo, 22,5% do total de municípios brasileiros”, lamentou Frei Anastácio.

Frei Anastácio disse ainda que a extinção desses municípios irá povoar, ainda mais, o aumento da população das periferias das cidades maiores. “Junto com esse fator, virá também o aumento da criminalidade”, alertou o deputado.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!