Frei 0404

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) se solidariza com as famílias dos desaparecidos políticos no Brasil, que emitiram nota de repúdio ao Presidente da República que agiu de forma antiética, falta de respeito e dignidade humana ao dizer, em tom de deboche, que sabe como Fernando Santa Cruz, pai do presidente da OAB nacional, foi assassinado.

“É preocupante ver um Presidente da República dizer para todo o país  que sabe como um desaparecido político foi morto, usando tom jocoso, para atingir os familiares da vítima”, afirmou o parlamentar.

Ele destacou que presta sua total e irrestrita solidariedade a todos os familiares de Fernando Santa Cruz e a todas as famílias que sofrem a dor pelo desaparecimento dos seus entes queridos. “É esse tipo de governo que o Brasil está vivendo, com o perfume fúnebre dos porões da ditadura militar”, disse o deputado.

Frei Anastácio disse ainda que a situação do país é preocupante. “O povo elegeu um presidente fabricado nas redes sociais, que não respeita a dor de quem sofre, não gosta de pobres, está destruindo todos os direitos adquiridos pela classe trabalhadora e promove privilégios para os ricos ficarem mais ricos. O povo precisa reagir e o Congresso Nacional tem a obrigação de defender o povo contra essas atrocidades”, lamentou.

Fernando Santa Cruz, pai de Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, foi preso por agentes do Exército no dia 23 de fevereiro de 1974 e ninguém mais soube o paradeiro dele.

Leia, na íntegra, a nota de familiares de desaparecidos políticos:

Carta de familiares de mortos e desaparecidos políticos: “Falta a Bolsonaro decoro, ética, dignidade e idealismo”

30 de julho de 2019

Prezado Senhor, quem escreve é Cristina Capistrano, filha de David Capistrano, desaparecido politico em 1974. Envio a Nota dos Familiares visando a leitura na mesa no Evento da ABI, hoje, 30/07/2019.

Ao povo brasileiro

Nós, familiares dos mortos e desaparecidos durante o período ditatorial, repudiamos a fala e os atos do Presidente Jair Bolsonaro sobre Fernando Santa Cruz.

Falta ao Presidente Jair Bolsonaro o decoro, a ética, a dignidade e o idealismo daqueles homens e mulheres que lutaram por um país justo e democrático.

De maneira irresponsável e mentirosa o Sr. Bolsonaro pretende zombar do que foi uma página triste e vergonhosa da nossa história recente.

Fazemos nossa as palavras:

“A natureza, como a história,

Segrega memórias e vidas

E cedo ou tarde desova

A verdade sobre a aurora.

 

Não há cova funda

Que sepulte

A rasa covardia

 

Não há túmulo que oculte

os frutos da rebeldia.

 

Cai um dia em desgraça

A mais torpe ditadura

Quando os vivos saem à praça

E os mortos, da sepultura.”

Affonso Romano de Sant’Anna, em Os Desaparecidos.

 

Assinam esta Nota os familiares de

Fernando Santa Cruz

David Capistrano

Elson Costa

Hiram Pereira

Jaime Miranda

João Massena

Joel Vasconcelos

Luiz Maranhão

Orlando Bomfim Junior

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!