Frei Anastácio solicita apoio para Conselho Estadual de Direitos Humanos

O deputado estadual Frei Anastácio apresentou requerimento, na Assembleia Legislativa, solicitando ao Governador do Estado, Ricardo Coutinho, a destinação de um veículo para uso do Conselho Estadual de Direitos Humanos da Paraíba. “Os conselheiros realizam as atividades, em todo o estado, usando os próprios carros e isso não é justo”, disse o deputado.

O parlamentar relatou que tem presenciado as dificuldades que os membros do conselho enfrentam para cumprir as agendas pelo estado, atendendo as atribuições institucionais em defesa dos oprimidos e injustiçados.

“É muita boa vontade deles, para não deixar o trabalho sem ser realizado. Os conselheiros precisam de um veículo para realizar esse trabalho, acho que é uma questão de justiça para com os membros do conselho. Vivemos tempos difíceis, onde a ameaça às liberdades, sejam elas de orientação sexual, religiosa e política, surge de forma violenta e eles estão sempre atentos. Na condição de membro do Conselho, representando a Assembleia Legislativa, tenho visto de perto as dificuldades desse trabalho e a dedicação de cada integrante”, afirmou.

Frei Anastácio disse que apesar de estarmos no século XXI, muita coisa na humanidade não mudou. “A incitação ao ódio, ao preconceito, à homofobia, que pareciam práticas em superação, surgem num verdadeiro retrocesso e ameaça à violação dos direitos fundamentais da pessoa humana. É neste cenário tempestivo de ameaça aos direitos fundamentais da pessoa humana, que o Conselho Estadual de Direitos Humanos necessita do fortalecimento logístico para atuar em sua plenitude”, destacou.

De acordo com o deputado, a simples falta de veículo interfere e compromete a ação rápida do exercício na defesa e cumprimento dos direitos coletivos, da paz e solidariedade universal; da promoção da igualdade e fraternidade; liberdade; proteção legal dos direitos; da justiça; da democracia; dignificação do trabalho. “Espero que a Assembleia nos ajude aprovando o nosso requerimento e que o Governador atenda a esse pleito, com urgência”, apelou.

Leia também