O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) foi conferir de perto os resultados das pesquisas desenvolvidas pela Embrapa Algodão, em Campina Grande/PB, com ajuda de emendas parlamentares enviadas por ele no valor de R$ 270 mil. Primeiro, o parlamentar participou de um Dia de Campo, na zona rural de Remígio e depois visitou a Embrapa.

As atividades do Dia de Campo foram realizadas no sítio Titara, em Remígio, Agreste da Paraíba, onde existe a plantação de algodão agroecológico. O deputado ouviu as explicações sobre a produção, viabilidade, comercialização e benefícios para o meio ambiente. Ele aproveitou o momento para colher um pouco de algodão e sentir a consistência da fibra da lã orgânica.

“A pesquisa, que vem sendo feita desde 2009, estuda toda a questão do manejo e viabilidade do plantio. O trabalho também tem a garantia da venda da pluma e do reaproveitamento da semente orgânica. Os resultados já surgiram”, disse o deputado. 

Participaram do Dia de Campo agricultoras, agricultores, estudantes, professores universitários, pesquisadores e técnicos da Embrapa. “Quero destacar que entre o pesquisador da Embrapa estava Marenilson Batista. Através dele e dos companheiros do PT, nosso mandato vem destinando as emendas parlamentares para pesquisa”, relatou.

Depois do Dia de Campo, Frei Anastácio visitou a Embrapa Algodão. Ele conheceu a vitrine de tecnologias, laboratório de Fibras e implementos para beneficiamento do algodão. “Fiquei muito satisfeito com os resultados apresentados pelos pesquisadores e pelo chefe-geral da Embrapa Algodão, Alderi Emídio de Araújo. Reafirmo o meu compromisso de continuar contribuindo para o prosseguimento das pesquisas na estatal. Esse trabalho é de grande importância para os assentamentos da Reforma Agrária e para os agricultores familiares”, assegurou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here