Lenildo Morais concede entrevista à TV Master

O vice-prefeito de Patos e candidato a presidente estadual do partido dos Trabalhadores na Paraíba, Lenildo Morais, concedeu entrevista nesta segunda-feira (23) à TV Master – canal por assinatura da Net-, em João Pessoa, onde falou sobre suas principais propostas para o PT. “Vamos fazer do PT um partido para todos, do Litoral ao Sertão”, disse Lenildo.

Entre as propostas de Lenildo. para o partido, estão atuar de maneira contundente e intransigente na defesa do governo federal, visando a reeleição da presidenta Dilma, restaurar a capacidade financeira do partido, corrigindo desvios que levaram a não aceitação das contas partidárias da atual direção pelo T.R.E, priorizar a participação do partido no processo eleitoral de 2014, de maneira a construir em conjunto com as forças internas a legenda downloados melhores cenários para apresentação de candidaturas petistas as chapas majoritárias e proporcionais;

Lenildo Morais também quer incentivar a participação coletiva nas decisões do partido, em relação aos temas de seu interesse (plenárias estaduais, reuniões nos municípios, consolidar os canais de diálogo com os partidos do Campo Democrático e Popular, bem como com o conjunto das forças partidárias que dão sustentação do Governo Dilma na Paraíba.

“Queremos estabelecer as condições necessárias para apresentação de uma chapa majoritária competitiva que represente esses segmentos nas eleições estaduais do próximo ano. Iremos propor à sociedade paraibana, um plano de desenvolvimento sustentável para o estado, visando a implantação de políticas públicas de forma permanente e com visão de estado, elaborado com a participação da sociedade civil organizada, para o período 2015/2035”, destacou Lenildo.

O futuro presidente do PT também quer regionalizar o partido de forma permanente, descentralizando ações, dando o suporte necessário aos diretórios municipais, com vista a fortalecer o partido nas cidades. “Daremos atenção especial tanto a capital, quanto aos companheiros do interior. Queremos um partido forte e unido”, declarou Lenildo.

 

 

 

Leia também