Mandato de Frei Anastácio apoia campanha da Arquidiocese, em apoio a imigrantes venezuelanos

CAMPANHA PARA MIGRATESO mandato do deputado estadual Frei Anastácio está apoiando a Pastoral do Migrante e Pastorais Sociais da Arquidiocese da Paraíba que lançaram, hoje (04), uma campanha de arrecadação de dinheiro e alimentos para os 44 imigrantes venezuelanos que foram acolhidos no município de Conde, desde ontem.

Frei Anastácio disse que todas as paróquias da Arquidiocese estão empenhadas na campanha. A conta para depósito é a seguinte: Banco do Brasil, agência 1345-5; Conta: 25.470-3. A central de recebimento de alimentos vai funcionar, a partir de hoje, no Palácio do Bispo, na avenida Visconde de Pelotas, na praça Dom Adauto, centro de João Pessoa.

“Os venezuelanos estão alojados no Centro de Formação Casa do Migrante, no Conde. São pessoas sofridas que merecem nossa atenção. Eu parabenizo a Arquidiocese da Paraíba, na pessoa de Dom Delson, pela iniciativa de acolher e lançar essa campanha para ajudar nossos irmãos imigrantes, que chegaram ao Brasil sem nada. Dessa forma, convoco os homens e mulheres de bom coração para contribuir com essa iniciativa da Arquidiocese”, disse o deputado.

Essa transferência dos venezuelanos refugiados, que estavam no Estado de Roraima, faz parte do processo de interiorização de 164 imigrantes que estavam em Boa Vista (RR), pelo governo federal em parceria com a Organização das Nações Unidas no Brasil.

Primeira vez na Paraíba

Além dos 44 imigrantes que a Paraíba acolheu, outra parte (69) foi transferida para Igarassu, em Pernambuco e 50 para a cidade do Rio de Janeiro. Na Paraíba, os venezuelanos estão abrigados no distrito de Jacumã. A responsabilidade ficou com o Serviço Pastoral do Migrante com atendimento, prioritariamente, para homens e mulheres entre 18 e 30 anos, além de famílias. Essa é a primeira vez que o Estado da Paraíba recebe venezuelanos voluntários.

A capital do estado de Roraima é onde está o maior número de imigrantes. A Polícia Federal estima que mais de 40 mil cidadãos da Venezuela estão abrigados hoje, em Boa Vista. Esse número representa 12% da população de Roraima, estimada em 332 mil habitantes.  A população está saindo da Venezuela, para fugir da crise política e econômica que o país atravessa.

Doação Venezuelanos

Leia também