O Movimento Cultural de Cabedelo (MCC) agradeceu o deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) e demais deputados da bancada do PT por ter votado unanimemente no decreto que sustou a decisão de Bolsonaro de privatizar a Fortaleza de Santa Catarina, em Cabedelo.

“Fiquei muito feliz em receber o reconhecimento de mais de 20 entidades culturais e grupos de cultura de Cabedelo, mas reafirmo meu compromisso em defesa da Cultura e em favor do que é certo. A Fortaleza tem sido bem administrada por grupos locais”, comentou.

A nota ainda enfatiza uma questão deixada pelo deputado que perguntou “há quem interessa essa privatização se a Fortaleza de Cabedelo não gera nem custos à administração pública?”

Outros questionamentos levantados pelas entidades estão relacionados ao porquê desse interesse para as entidades culturais e grupos de culturas populares sejam evacuados do Forte do Cabedelo. “Em que as entidades culturais e os grupos de culturas populares incomodam os secretários municipais do turismo e da cultura do atual gestor”, questionaram.

Frei Anastácio lembra ainda que a Fortaleza de Santa Catarina é o mais importante monumento histórico-militar da Paraíba e do Nordeste Brasileiro. “É bom lembrar, que até 1991 toda estrutura estava abandonada. Hoje, é um local bem cuidado e preservado”.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here