Muda PT realiza encontro regional no Brejo paraibano

 

MUDA PT GUARABIRA

O deputado federal Luiz Couto e o deputado estadual Frei Anastácio participaram de mais um encontro regional promovido pela tendência interna do Partido dos Trabalhadores, Muda PT. O encontro foi realizado no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Guarabira,durante toda sexta-feira(28), com petistas da região do Brejo.

Segundo Frei Anastácio, as principais lideranças do Partido dos  Trabalhadores de quase todos os municípios do Brejo estavam presentes. “Cumprimos mais uma agenda do Muda PT, levando até militantes e lideranças do PT um debate consciente sobre a atual situação do país”, disse o deputado.

O parlamentar disse ainda que durante os encontros, que estão sendo realizados desde o início do ano no estado, o Muda PT também discute as questões internas do partido, a exemplo de falhas cometidas, e o que deve ser feito para corrigir os erros.

 “Nesses debates, nós colocamos para os participantes quem é quem dentro do PT. Também debatemos a conjuntura política de cada município com representação nos encontros e as perspectivas para 2018. São momentos muito bons para formação política e fortalecimento do nosso Partido”, disse Frei Anastácio.

Fim do PAA

Frei Anastácio esteve também em Jacaraú, onde acompanhou a entrega de alimentos por parte dos trabalhadores que ainda estão produzindo para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). “Esse programa, criado no governo do PT, compra a produção dos agricultores familiares, através da Conab, sem a figura do atravessador”, destacou.

PAA

Mas, o deputado disse que o clima entre os trabalhadores era de muita tristeza. Isso porque o governo Temer está acabando com o programa. Na portaria publicada no dia 26 de outubro, por meio do Decreto 8889, Temer extinguiu o Departamento que foi fundamental na criação e implementação do Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA).

O PAA foi criado com duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. As secretarias municipais de agricultura compram os alimentos produzidos pelos produtores do município com recursos do Governo Federal e a Secretaria de Assistência Social do Município faz a distribuição dos alimentos para órgãos públicos e famílias carentes.

“O golpe no PAA atingiu todo o Brasil. Para se ter uma ideia, em 2011, o governo do PT destinou quase R$ 363 milhões para o PAA, em todo o país.

Este ano, o governo golpista liberou apenas R$ 38,5 milhões para todo o país. Na Paraíba, este ano, a Conab recebeu projetos que somaram R$ 18 milhões. Mas, o orçamento é de apenas R$2,3 milhões.

Farra com dinheiro público

Esse programa impulsionou a criação do Selo da Agricultura Familiar e a organização da famosa Feira Nacional da Agricultura Familiar. Isso sem falar na valorização dos produtos da sociobiodiversidade, na construção da política de agroecologia e produção orgânica. “Enquanto isso, o governo golpista gastou R$ 14,5 bilhões para se livrar da primeira denúncia no Congresso e mais de R$ 12bilhões para arquivar a segunda denúncia. Tudo dinheiro do povo, que daria para realizar uma transposição e meia do São Francisco”, afirmou.

 

Leia também