Muda PT realiza encontro regional no Vale do Piancó

22046826_1519287911492522_2193661452498394251_n

A tendência interna do Partido dos Trabalhadores, na Paraíba, Muda PT realizou mais um encontro regional, dentro do calendário elaborado pela coordenação do movimento, com participação do deputado federal Luiz e Couto e do deputado estadual Frei Anastácio. “Desta vez estivemos reunidos com os companheiros do Vale do Piancó”, disse Frei Anastácio.

Segundo ele, o encontro contou com representantes petistas de todo o Vale que tem 18 municípios. O encontro foi na Câmara de Vereadores do município de Itaporanga. “Mais uma vez posso afirmar que o encontro foi muito bom. Fizemos um debate muito proveitoso sobre a conjuntura nacional, estadual e local, além de uma boa reflexão sobre a reforma política que na verdade é uma enganação contra os anseios do povo”, disse o deputado.

Seminário da Juventude

22089620_1519306748157305_5238193347196987498_n

Também em Itaporanga, Frei Anastácio e Luiz Couto participaram do Primeiro Seminário da Juventude Itaporanguense. O encontro, organizado pelo mandato do vereador Jucivan, discutiu entre outras coisas, a participação dos jovens na política. Para Frei Anastácio, esse tipo de encontro é de grande importância. “Os jovens são o futuro de um novo país. E para que esse novo país seja revelado, é preciso termos jovens atuantes com formação política, com coragem de sair às ruas para dizer que querem um Brasil diferente deste que temos hoje com uma classe política, com raras exceções, totalmente desacreditada. São esses jovens que poderão mudar toda essa realidade”, disse.

Visita a acampamento

ACAMPAMENTO EM PATS

Frei Anastácio também esteve visitando o acampamento do MST, Cícero Gregório, em Patos. Trinta famílias estão ocupando as terras, desde o mês de julho deste ano. São 361 hectares pertencentes à Embrapa. “As famílias estão plantando Feijão, Melancia, melão, pepino, batata-doce, quiabo, tomate, coentro, alface, cebola, maxixe, pimentão, pimenta de cheiro e jerimum. Tudo isso cultivado em 2,5 hectares” relatou o deputado.

Frei Anastácio disse ainda que a Embrapa arrenda a área para criação de gados. “Um dos arrendatários é um vizinho chamado Caçote. Soubemos que existe interesse do deputado Hugo Mota de que haja leilão da área para posteriormente ser transformada em um loteamento, como também o acesso da alça sudoeste de Patos. Já foi executado o despejo dos trabalhadores, mas eles lutam pela terra”, disse.

Segundo o deputado, a Embrapa não fez nem um plantio experimental  neste ano de 2017. Antes era plantado algodão, gergelim, mamona e peão manso. “Agora, a Embrapa quer retomar o escritório colocando vigilantes. E, ao mesmo tempo, vendendo aterros retirados da área e guardando adubos e sementes vencidas. Irei enviar ofício ao Procurador da República, José Godoy, no sentido de que ele faça uma convocação de reunião entre Incra,Ministério Público Federal,Embrapa e trabalhadores acampados. A sugestão é que a Embrapa repasse as terras para o Incra assentar as famílias”, afirmou o deputado.

O deputado esteve ainda cumprindo agenda nos municípios de  Sumé, onde realizou reunião com apoiadores do mandato, esteve com lideranças petistas de São José de Espinharas, Santa Luzia, Junco do Seridó e Soledade. “Foi um final de semana cheio de atividades voltadas para a formação partidária e de interesse dos trabalhadores”, afirmou.

 

Leia também