11220942_841968529224467_8862044758332296400_nA Polícia Militar prendeu um homem, hoje à tarde (29), conhecido por “Anjinho” acusado de ameaçar os posseiros que ocupam as terras da fazenda Reunidas (fazendinha), em Mogeiro. “O capanga preso e outros oito comparsas chegaram a trocar tiros com a polícia. O Anjinho acabou sendo preso e os outros fugiram”, disse o deputado estadual Frei Anastácio que se encontra na área.

Segundo o deputado, cerca de 60 famílias de posseiros estão ocupando as terras reivindicando um direito delas. “São pessoas que nasceram e se criaram na fazenda e agora estão reivindicando seus direitos. Mas, os donos das terras colocaram os capangas para ameaçar as famílias. Eles são tão perigosos que atiraram até na polícia que foi recebida a bala. O pior é que os policiais estão deixando o local e eles podem voltar”, disse Frei Anastácio.

Frei Anastácio relata que as famílias estão muito apreensivas com a situação, temendo que os capangas retornem e ajam com violência.  “É preciso que os policiais permaneçam na área para garantir a segurança das famílias”, disse o deputado que está acompanhado por representantes da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

O deputado disse ainda que as famílias também estão em clima de tensão, em consequência da possibilidade de serem despejadas a qualquer momento. “Apesar de serem posseiras e terem direito à terra, a justiça paraibana concedeu ordem de despejo.Se o despejo for cumprido muitas lavouras, a exemplo de  feijão,macaxeira maxixe, entre outras, serão destruídas. Uma pena, isso acontecer num estado onde existe tanta gente precisando de alimento”,lamentou.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!