Foto de Gabriel Paiva (2)

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) apresentou Projeto de Lei nº 5525/2019 que propõe a redução de 50% no valor da tarifária do consumo de energia elétrica para entidades, sem fins lucrativos, que cuidam do tratamento de pessoas com câncer. A compensação desse desconto será feita com recursos da Conta de Desenvolvimento Energético.

Segundo Frei Anastácio, esse projeto, uma vez transformado em lei, será de grande importância para as entidades sem fins lucrativos, a exemplo da Fundação Napoleão Laureano, em João Pessoa, e tantas outras entidades espalhadas pelo Brasil, que lidam com o tratamento de pessoas com câncer.

“A cada ano fica menor o número de voluntários que contribuem financeiramente para o funcionamento dessas casas de saúde. Uma redução de 50% na conta de energia elétrica já significa uma grande ajuda para essas entidades que vivem em crise. Essas instituições sofrem diariamente, com a necessidade de manter os altos custos gerados pelos serviços que prestam, buscando manter a qualidade e um mínimo de dignidade para população atendida”, disse o deputado.

Câncer no Brasil

O Instituto Nacional de Câncer estima que para o biênio 2018-2019, ocorrerá 600 mil novos casos de câncer, para cada ano.  Para o Instituto, essas estimativas mostram o perfil de um país que possui os cânceres de proposta, pulmão, mama feminina e cólon e reto, entre os mais recorrentes.

Segundo a International Union Against Cancer (UICC), o câncer já é responsável, anualmente, por cerca de sete milhões de óbitos no mundo (12% do total de óbitos). Conforme a UICC, dado que a expectativa de vida da população mundial tem melhorado gradativamente, como é o caso do Brasil, a incidência de câncer alcançará mais de 15 milhões em 2020. Diante dessas estatísticas, constata-se que o câncer já é a segunda doença que mais mata no Brasil, perdendo apenas as doenças cardiovasculares.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your name here

Please enter your comment!