O Projeto de Lei 1075/2020, que se transformou na lei 14.017/2020 (Lei Aldir Blanc), e criou o auxílio emergencial para o setor cultural de todo Brasil durante a pandemia, tem coautoria do deputado Federal Frei Anastácio. “Esse projeto tem assinatura de toda bancada do PT na Câmara e representou muito para o setor cultural brasileiro, que foi um dos mais atingidos pela pandemia”, disse o deputado.

O parlamentar lembrou que apesar das tentativas de obstrução da aprovação do projeto e execução da lei pelo governo Bolsonaro, o Congresso Nacional fez sua parte. “Destaco a luta incansável da bancada do PT, tanto na Câmara como no Senado, para que esse benefício chegasse até ao setor cultural”, relatou.

Compromisso

Frei Anastácio lembrou que a mesma luta ocorreu para que a lei Paulo Gustavo fosse aprovada. “Esse foi mais um benefício que nasceu da bancada do PT, no Congresso Nacional, para socorrer toda comunidade cultural do Brasil. Reafirmo meu compromisso de continuar defendendo o setor cultural do país, que vem sendo tão desprezado pelo governo Bolsonaro”, afirmou.

O deputado garantiu que continuará firme, na Câmara Federal, exercendo sua missão de defender a democracia, os interesses da classe trabalhadora, dos pobres, da população e do Brasil. “Reafirmo também a minha missão de continuar lutando pela minha querida Paraíba e nosso povo”, concluiu.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here